Assinatura RSS

Arquivo da tag: Portugal

sobre a reforma ortográfica

Publicado em

O título do post de ontem foi “sobre notícias que vem do céu”.

Sabia que deveria acentuar o vêm em função da concordância de número. Não coloquei de propósito e achei que dessa maneira estaria de acordo com a nova ortografia da língua portuguesa.

Quando reli o post hoje achei estranho demais – não estava conformado com aquela coisa feia no blog, mesmo que estivesse correto.

E dancei mesmo: vêm e vem ficaram inalterados, como tem e têm.

Os portugueses pelo que andei vendo em blogs por aí estão mais bravos que os brasileiros em geral com a nova ortografia – até bati boca com uns portugueses em função disto: para alguns o português de Portugal seria mais “evoluído” que o das Américas, e nós agora estaríamos “impondo” nossa forma de escrever.

Isto revela, contudo, que são e estão (traduza isto para o inglês) mais preocupados e em contato com a língua com nós.

Eu, de minha parte, odeio a reforma, até por que “estou a escrever” uma peça grande e tenho que grafar “consequência” em vez de “conseqüência”. Fica muito feio.

Mas o melhor, já que vai ser feita uma droga de revisão, é que todos concordem. Na reforma da língua alemã (a de maior número de falantes na Europa), por exemplo, a Áustria excluiu completamente a letra ß por ss e, assim, escreve o austríaco “der Fuss” e o alemão “der Fuß” (o pé). Fica esquisito demais.

A música acima é uma homenagem a Portugal: este é nosso português.

Anúncios

Homenagem aos cravos

Publicado em

Hoje tem fado, vinhos de castas desconhecidas e jardins floridos na terrinha.

Viva 25 de abril!

Achou estranha a versão? Eu também. Chico Buarque mudou “Tanto mar” depois da abertura de cá. Fuçando se acha.